quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Mundo interior

Fecho-me no meu mundo, para me protejer de toda a dor e sofrimentoFicou o mundo para mim, ensurdecedor,
Não suportarei mais alguém me magoar !
Afogado no meu sofrimento e dor,
Poderei proteger-me, se me isolar.

Para todo o sempre, fecho-me no meu mundo,
Não mais eu comunicarei com alguém.
Ficarei escondido no canto mais fundo !
O que me importa que me olhem com desdém...

Assim protegido, terei força e coragem,
Defender-me-ei de todas as agressões,
Considerar-me um fraco, não voltarão.

Fechado no meu cérebro, fico à margem,
Um caminho livre, sem mais confusões,
Estou livre como nunca, na minha prisão !

2008 Vasco de Sousa

Os direitos da imagem pertencem ao seu autor.
O original encontra-se aqui.

2 comentários:

carla granja disse...

E como é bom quando nos sentimos bem com nós próprios e livres das amarras e vivos para a vida .
te desejo uma boa semana e cá espero por ti
bjo
carla granja

Menina_marota disse...

Gostaria de permissão para linkar este blogue...assim não perderia o caminho para cá.

Um abraço